Kairo, aluno da Ufac: Que mais idiotas úteis entrem na luta

kairo artigo brasil #

oestadoacre publica texto do aluno da Universidade Federal do Acre, Kairo….ele quer  mais idiotas úteis nas ruas defendendo a Educação.


O Brasil da percepção equivocada e os idiotas úteis

 

Por Kairo  Ferreira de Araújo¹ kairo

A sociedade vive atualmente em uma era totalmente informatizada, a informação nunca teve tão acessível na historia da humanidade como agora, de qualquer lugar da terra, uma pessoa poder fazer um download de uma obra de gigantes da literatura mundial, como William Shakespeare, a obra com o passar do tempo fica em domínio publico e sua reprodução e acesso fica livre de direitos autorais. Apesar dessa facilidade de acesso quase ilimitado a informação, a sociedade brasileira se enxergar de uma maneira que aspectos cruciais de sua realidade são deixados de lado, de maneira muitas vezes equivocada, como demonstra esse gráfico produzido pela importante e renomada empresa de pesquisa Ipsos:

percepção

 

O Grande perigo de não se “enxergar”, como demonstra esse estudo realizado em 2017 pela Ipsos é que ao que parece o próprio honorável presidente da republica está padecendo desse mal, os que ele chamou de idiotas uteis estão lutando por uma educação de qualidade e pública, enquanto ele não sabe se quer para onde vai seu desgoverno, não tem um plano de governo se quer para mostrar aos seus concidadãos, é um desastre total.

Esperemos que mais “idiotas uteis” possam entrar na luta por uma educação pública e gratuita, as paralisações e manifestações dos estudantes vem sendo ridicularizada pelo o nosso ignóbil presidente da republica, que apostou na desinformação e quer mantê-la, pois o presidente e suas crias dependem dela para existir como políticos.

A permanência do país como uns dos últimos no quesito educação e uns dos primeiros que menos percebe sua realidade só favorece a quem vive à custa do trabalhador, e que quer seguir na politica com a habitual incompetência demostrada em décadas como parlamentar… a pergunta que também devemos nos fazer é, se é possível governar um país que está entre uns dos maiores do mundo a golpes de facebook e twitters.

¹Kairo Ferreira de Araújo – Aluno de história bacharelado, Ufac, e Estudante de espanhol na Universidade Estácio de Sá.