Reinaldo/Intercept: Corrupção com dinheiro público para ‘comercial’ de justiceiro

vaja jato #

Parceria The Intercept e Reinaldo Azevedo, do Uol

corrupção
Jornalista Reinaldo Azevedo, do Uol

Reinaldo Azevedo, do UOL sobre as novas revelações de corrupção da Vaza Jato

moro

‘Ilegal, imoral e indecente. Não importa se o dinheiro foi dado ou não. Ele aceitou dar. Corrupção passiva e corrupção ativa. Basta a expectativa de vantagem para que a pessoa seja considerada criminosa, desde que esteja usando o bem público ou para comprar alguém ou para se vender’ – Reinaldo Azevedo, Uol.

Moro concordou em dar dinheiro público para ‘comercial’ de Deltan

 

Por Fernando Brito, Tijolaço

Saiu a primeira das revelações prometidas por Reinaldo Azevedo sobre os diálogos de Deltan Dallagnol com Sérgio Moro.

É um pedido para que o juiz “libere” dinheiro das contas judiciais da 13a. Vara Criminal para pagar a produção “a ser veiculada na Globo” de um comercial laudatório às suas “10 medidas contra a corrupção”, capitaneada por Dallagnoll e por integrantes da Procuradoria Geral da República.

Não há, na informação de Reinaldo, sobre como seria paga a veiculação, mas os custos de produção – que são muito menores que os do espaço da emissora – representam R$ 38 mil.

Podem ter sido doados ou pagos por alguma empresa ou instituição privada. Mas o filme seria feito com o dinheiro público.

Moro, segundo as mensagens, examina e aprova o roteiro. E concorda em liberar o dinheiro.

O nome é corrupção, é utilização indevida de dinheiro sob a administração da Justiça.

As mensagens, no blog de Reinaldo, no UOL:

O DINHEIRO DA 13ª VARA FEDERAL DE CURITIBA

No dia 16 de janeiro de 2016, Deltan envia uma mensagem a Moro com um pedido realmente inusitado. Segue o diálogo, conforme o original:

13:32:56 Deltan – Vc acha que seria possível a destinação de valores da Vara, daqueles mais antigos, se estiverem disponíveis, para um vídeo contra a corrupção, pelas 10 medidas, que será veiculado na globo?? A produtora está cobrando apenas custos de terceiros, o que daria uns 38 mil. Se achar ruim em algum aspecto, há alternativas que estamos avaliando, como crowdfunding e cotização entre as pessoas envolvidas na campanha.

13:32:56: Deltan – Segue o roteiro e o orçamento, caso queria [buscou escrever “queira”] olhar. O roteiro sofrerá alguma alteração ainda.

13:32:56: Deltan – Avalie de modo absolutamente livre e se achar que pode de qq modo arranhar a imagem da LJ de alguma forma, nem nós queremos

13:35:00: Deltan – pdf 13:35:28: Deltan – pdf No dia seguinte, 17 de janeiro de 2016, Moro responde:

10:20:56 Moro – Se for so uns 38 mil achi [quis escrever “acho”] que é possível. Deixe ver na terça e te respondo…

 

Em tempo: clique aqui e aqui  e saiba tudo….


Ajude a manter oestadoacre…fulcral na mídia do Acre