Kairo: Não escute o presidente!

kairo artigo #

Não é uma gripezinha, não escute o presidente!

 

kairo
Homem com máscara e ao celular caminha por rua em Lisboa (imagem SIC)

Por Kairo Ferreira Araújo – especial para oestadoacre

O chefe do Executivo brasileiro promove em seus discursos a política da morte, a sorte é que temos governos estaduais sensatos. A cara de pau é tanta, que após a pandemia ele apontará os governadores e a mídia como culpados pela recessão económica ou depressão.

O detalhe é que a mídia não tem interesse nenhum em uma crise, ou mesmo em uma depressão mundial, pelo motivo óbvio. Ela seria afetada em cheio, com menos verba de publicidade, menos recursos e inclusive a possibilidade de falência. Não devemos esquecer que as grandes empresas de comunicação, são capitalistas e pró-mercado do qual ela é parte integrante, portanto não faz sentido atacar o sistema que você integra e que um dos setores prejudicados será o seu.


GladsonC não é ‘Napoleão de hospício’ e mantém quarentena (no oestadoacre)


A esperança é que temos um país, que apesar das muitas dificuldades, tem também muitas qualidades. A produção de alimentos no Brasil é umas das maiores do mundo, nossas reservas internacionais passam com folga os 300 bilhões de dólares. O sistema financeiro, mesmo estando concentrado em poucos bancos é uns dos mais sólidos do mundo.

O azar é que não temos um presidente à altura, mas os governadores estaduais, a mídia e a sociedade civil organizada, estão em alerta….. ignorando as recomendações do ignóbil-mor e mórbido. Que infelizmente desperdiça seu tempo com as já tradicionais fake news e negacionismo científico, na concepção do presidente a maioria das instituições de Saúde, Governos e países estão equivocados, quem é o dono da verdade absoluta seria ele e seus lacaios, conhecidos por suas posições, como defender que a terra é plana, que a morte de alguns não importa perante a economia, que o homem jamais pisou na lua e demais bizarrices.

O negacionismo é a politica adotada, se um admirador do presidente por infelicidade contrair a doença, em quem ele buscará refugio, nos médicos e cientistas ou nos negacionistas de plantão? É de se pensar na qualidade de vida que ganhamos como herança dos séculos, principalmente dos dois últimos, que foi deixado a nós em boa parte por brilhantes cientistas e pensadores.

É uma loucura entrar na onda da “gripezinha”!


QuarentenaFique em casa e ouça a melhor música do mundo aqui na rádioweb oestadoacre…clique abaixo no play