Ney Amorim não será candidato pelo PT

O deputado Ney Amorim (PT) não levará o seu nome à direção do partido para concorrer a prefeito de Rio Branco. Esta semana, o petista comunicou a decisão a 13 parlamentares estaduais que lhe hipotecaram apoio, caso decidisse disputar a sucessão de Raimundo Angelim. Também fez o comunicado aos dirigentes petistas.

Amorim informou que a decisão de não pleitear uma candidatura majoritária foi tomada após conversar com familiares, correligionários e com dirigentes do PT.

“Receber o apoio de treze deputados é sinal de que estamos fazendo um bom trabalho à frente da primeira-secretaria da mesa diretora na Assembleia Legislativa. Vou continuar nessa missão partidária”, disse.

Segundo o deputado, é importante lembrar que ele nunca disse que seria candidato.  “O meu nome foi lembrado e agradeço muito por isso, principalmente aos meus colegas deputados”, comentou.

Ao adotar essa postura, o deputado afirmou que espera deixar as lideranças e dirigentes do PT livres para indicarem o nome considerado apropriado para concorrer a prefeito da capital do Estado em outubro do próximo ano.

Tranquilo, Ney Amorim finalizou declarando que vai trabalhar para fortalecer a unidade e que será um dos principais cabos eleitorais da candidatura da Frente Popular no pleito de 2012. “Vou jogar na posição em que for escalado. Sou um militante e um soldado do projeto do PT e da FPA. Tenho certeza que sairemos vencedores porque o povo de Rio Branco não vai querer caminhar para trás”.