Palácio veste rosa para alertar as mulheres sobre o câncer de mama

O Acre vestiu rosa na noite desta segunda-feira, 24. O Palácio Rio Branco foi iluminado com a cor que simboliza a luta contra o câncer de mama. A solenidade fez parte do Outubro Rosa, evento que desde a década de 90 acontece no mundo inteiro para combater o câncer de mama.

mamathumb_outubro_rosa_foto_gleilson_miranda_02A data também marcou um momento importante para o Acre. A partir de agora, serão oferecidos 80 exames de mamografia na rede pública de saúde com a aquisição de novos equipamentos. A Secretária de Saúde, Suely Melo, ressaltou a luta contra esse câncer que mata tantas mulheres no mundo inteiro. “Só no Brasil temos 50 mil notificações de câncer de mama por ano”, conta Suely Melo.

Toda mulher de 50 a 69 anos deve fazer o exame clínico da mama (de toque) anualmente e a mamografia a cada dois anos, mesmo que não apresente nenhum sintoma ou histórico familiar, porque é a faixa etária de maior risco. As mulheres de 40 a 49 anos que não apresentam nenhum sintoma ou histórico devem fazer o exame clínico anualmente, e caso apresentem algum nódulo, a mamografia será indicada. Para as mulheres de 35 a 39 que apresentam alto risco, o exame e mamografia deve ser realizado anualmente.

De janeiro a setembro deste ano, já foram realizados no Estado 3.556 exames de mamografia, dos quais 67 casos foram considerados suspeitos. Há dois mamógrafos no Centro de Controle em Oncologia (Cecon) e cada um tem capacidade para fazer uma média diária de 40 exames. Além da mamografia, no Cecon também é realizado exame clínico. Em cerca de 60 dias, Cruzeiro do Sul também receberá seu primeiro mamógrafo.