Comércio espera aumentar vendas de TV

A Copa do Mundo no Brasil deve elevar em R$ 826 milhões a receita das lojas especializadas na comercialização de artigos de uso pessoal e doméstico no segundo trimestre de 2014. A previsão é da Divisão Econômica da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Segundo o estudo, os produtos da chamada “linha marrom”, mais notadamente os televisores, serão os destaques nas vendas do segundo semestre, por conta da alta demanda relacionada aos jogos. “O histórico de redução no preço dos televisores e o encarecimento dos serviços de manutenção desde 2002, além da perspectiva de estabilidade da taxa de câmbio, deverão, mais uma vez, estimular a troca de aparelhos”, afirmou o economista Fabio Bentes.

O efeito da Copa do Mundo sobre as vendas desse segmento no segundo trimestre de 2014 deverá ser de aproximadamente 2,8% em relação aos três primeiros meses do ano, quando as vendas totalizaram R$ 29 bilhões, segundo estimativas da CNC. As Copas de 2006 e 2010 provocaram impactos reais de 2,4% e 2,6%, respectivamente, na mesma base de comparação.

[fecomércio]