Olhem aí, lordes do Ipê…