Para quê o Horto de Rio Branco tem quiosque?

Para quê o Horto de Rio Branco tem quiosque?

J R Braña B. 

 

Sou frequentador assíduo do horto da capital.

Ao menos três vezes por semana.

Vou ao horto proteger a minha saúde.

Como a maioria que vai lá.

Há mais de um ano percebo uma aberração naquele sítio público.

O quiosque que deveria funcionar simplesmente não funciona.

Pelo menos no meu horário, o horário da maioria.

Chego sempre antes das 18 horas e sempre que procuro o tal quiosque encontra-se fechado.

Nos dias de semana, esse é o horário onde chegam mais pessoas para fazer exercícios.

Que contrato é esse da prefeitura de Rio Branco – da Semeia – com esse explorador do quiosque do horto?

Um concessionário que não cumpre, penso, com as devidas obrigações contratuais (se é que existe um contrato)

Se um frequentador do horto, que fecha às 20h, procura comprar uma simples botella de água nesse horário que descrevo acima vai se irritar.

O quiosque estará fechado.

Há tempo era para ter falado nesse assunto aqui, mas esquecia.

Hoje fui ao horto novamente e tudo se repetiu.

O quiosque fechado.

Faço esse apelo ao prefeito Marcus Alexandre para que chame à atenção dos responsáveis pelo horto.

Se o contemplado com a concessão não quer prestar um serviço digno, que se mude o concessionário.

Há centenas de pessoas que dariam a vida para ter um quiosque dentro do horto e prestar um serviço decente.

Coisa que não acontece hoje.

Aliás, quem cuida do horto precisa cuidar melhor.

O bebedouro existente é terrível.

Sinistro, para dizer a verdade.

A água desce de uma caixa suspeita.

E o local é fantasmagórico.

E sujo.

O horto é o melhor e mais natural sítio público de Rio Branco.

Precisa ser tratado como uma joia da prefeitura.

Rio Branco é muito carente de áreas para o lazer.

E o horto é um oásis na capital que não podemos abrir mão.

É o meu local de ócio preferido.

Prefeito Marcus, chame o responsável pelo horto para uma conversa…

horto arquivo

Post scriptum:
não estou publicando uma foto desta noite do quiosque fechado do horto porque não costumo levar o celular para atividade física. Não combina.

Post scriptum: os responsáveis pelo horto devem fiscalizar melhor também os que levam crianças para correr riscos desnecessários nos aparelhos de musculação. Só placas não resolvem.