Por que profissionais da globo dão curso à Secom do governo do PT?

Fábio Gusmão. do jornal Extra (Rio) – grupo globo – palestra curso para jovens jornalistas da secretaria de comunicação do Acre

Não consigo entender por que nos cursos da Secretaria de Comunicação do Governo do Acre, não raro – os professores são jornalistas do grupo globo (grafia minúscula mesmo, de propósito).

É exatamente esse grupo o mais implacável e covarde agressor do PT, do Lula, da Dilma, do Jorge Viana e, claro, do governador Tião Viana.

A globo e suas várias plataformas de comunicação não perdoam os que não rezam a sua bíblia.

Esse grupo tem lado e não é o lado do interesse público.

Já escrachou o governador Tião e o senador JV nos escândalos da lava jato sem pena.

(A sua filial local deitou e rolou com a operação G-7 contra o governo, lembram?)

Agora, que os dois foram retirados do processo da lava jato por absoluta falta de provas e nexo, sequer uma linha nos seus sites, muito menos no jn – foram escritas/ditas retificando as acusações infundadas.

O estrago às suas imagens nos ataques anteriores é o que fica no imaginário da população.

E, quando há oportunidade de um curso de reciclagem, importante para o pessoal da Secom e para jornalistas de uma maneira geral, quem se convida?

Um jornalista do grupo globo.

Eu não consigo entender isso…

A globo e os seus aparelhos de mídia não são exemplos de ética nem de jornalismo de interesse público.

A comunicação do governo do Acre é de interesse público, sem viés comercial e ideológico.

Os interesses do grupo globo são privados e têm claro, como o sol, viés ideológico.

Esse grupo de comunicação é incompatível com a democracia no Brasil.

Foi esse grupo que patrocinou o golpe contra um governo progressista e afundou todos nós no caos e na decadência.

E não precisamos de suas lições/aulas aqui no Acre.

Especialmente lições e aulas para uma comunicação pública.

J R Braña B.