‘Facada’ de Bolsonaro no SESI e SENAI fecharia 8 mil vagas no Acre

# sistema s acre

ARM 

sistema s

 

A “facada” prometida pelo futuro ministro da Economia, Paulo Guedes (o Posto Ipiranga de Bolsonaro – J R Braña B.), nos recursos do Sistema S teria efeitos “devastadores” sobre programas de educação técnica e serviços de saúde prestados à população da região Norte do país que beneficiam, principalmente, jovens e trabalhadores de baixa renda.

(…)

Danos no Acre

No estado, o impacto da prometida “facada” pode comprometer até 30% dos recursos do SENAI e acabar com mais de 8 mil vagas de cursos técnicos profissionais por ano, no estado. Além disso, o corte orçamentário no Sistema S deve promover o possível fechamento de duas escolas da instituição de formação profissional dos acreanos.

No SESI, mais de 1,9 mil estudantes do ensino básico e de educação de jovens e adultos podem perder a oportunidade de estudar porque uma escola de formação profissional da educação básica da instituição podem ser fechadas no estado.

Além disso, o desemprego deve aumentar no Acre por que os cortes orçamentários no Sistema S, prometidos pelo próximo governo, vão influenciar diretamente na demissão de quase 126 funcionários do SENAI e SESI acreanos.

(…)


Em tempo: atenção você, comerciário que votou no Bolso, que almoça a semana toda no Sesc e paga R$ 5 ou menos de R$ 10 …o futuro ministro do Bolsonaro quer acabar com isso, viu!? –

Em tempo 2: Agora, uma verdade: pelos bilhões que recebe do Estado Brasileiro, o Sistema S ainda faz muito pouco no Acre…Sena Madureira, com 50 mil habitantes, não há sequer uma escola de formação técnica de jovens…Talvez a sacudidela do Paulo Guedes nessa acomodação do SS e o temor de perder esses recursos sirva para alguma coisa….Já está servindo.

J R Braña B.


Gostou desse conteúdo? Ajude a manter oestadoacreclique aqui