População do Acre empobrece a cada minuto…(Gov insiste no modelo analógico)

ibge acre #

acre

Segue sem freio o processo acelerado de empobrecimento da maioria da população do Acre…

Servidores, assalariados em geral não esperem aumento de salário cair do céu…

Segundo o IBGE, pelo menos 45% das pessoas viventes aqui são pobres.

Vai piorar ainda mais se essa proposta de Reforma [excludente] da Previdência, de Bolsonaro, passar…

O Acre, ainda conforme o IBGE, findou 2018 com 869 mil habitantes e em 2060 terá 1,2 milhão pessoas vivendo por aqui.

população
Fonte: IBGE

A renda domiciliar per capita em 2017 era de R$ 769 ou 202 dólares na cotação desta segunda-feira.

Com quase cinco meses de GladsonC (sim, ele venceu em outubro, no primeiro turno) e de lá até hoje não se sabe o que pretende o governo fazer com o Acre.

Não há um plano de desenvolvimento, não se tem notícias de planejamento algum….só se fala em agronegócio (que será a solução para alguns e não para o conjunto da população).

Por que o Acre não investe em tecnologia – e envolve milhares de jovens que poderiam ganhar dinheiro vendendo suas invenções e trabalho para o mundo inteiro!!!! – e se transforma numa Coreiazinha-do-Sul da Amazônia…???

Ah, isso é demais para os nossos governantes…!

É pensar muito alto, né?

Internet de alta velocidade em todo canto do Acre (capital, municípios, estradas, ramais, seringais, escolas, igrejas)…primeiro passo para o Acre sair desse marasmo e atraso mental.

Ah, não…’vamos plantar soja que resolve…’

Como disse a este blog um político importante esses dias, o governo (novo) do Acre virou o ano, mas não mudou o modelo…segue o analógico…o Acre precisa pensar de forma digital.

GladsonC, homem, larga esse modelo analógico…!

J R Braña B.


(Gostou desse conteúdo? Ajude a manter oestadoacreclique aqui)