Marrone deixa Bruno sozinho na ExpoJuruá

Crise de pânico. Desde o acidente de helicóptero sofrido por Marrone, no dia 2 de maio, as viagens da dupla Bruno e Marrone tem sido difíceis: o medo de avião que o cantor já tinha antes do acidente, intensificou-se.

brunomarronebemnovoMarrone passou a viajar longas distâncias de carro. Na turnê pelo Nordeste, em junho, o cantor viajou por toda a região de carro.

Ontem pela noite (31), em Goiânia, em virtude de uma turnê no Norte marcada para esse final de semana, Marrone teve uma crise de pânico e a equipe da dupla decidiu que o cantor será avaliado por médicos.

Os shows marcados para o Norte do país terão apenas a presença de Bruno. Na ExpoJuruá, apenas Bruno deverá se apresentar em Cruzeiro do Sul.

Apesar de depender de um parecer médico, ao que tudo indica, Marrone terá de se submeter a um tratamento psicológico.

O cantor, que já teve outras crises menos intensas nos últimos meses, admitiu pela primeira vez que precisa de tratamento.

O principal motivo que levou Marrone a comprar um helicóptero foi justamente o medo de avião.