Caso Fabrício: mergulhadores fazem buscas no Rio Acre

Homens da Força de Segurança Nacional e Bombeiros Militares do Acre continuam as buscas por possíveis restos mortais do menino Fabrício Costa, desaparecido há 18 meses. Inicialmente foi delimitado um espaço nas adjacências da Ponte Wanderley Dantas, onde supostamente o corpo do garoto fora jogado.

fabricio_3dssdsdHoje pela manhã, o secretário de Segurança Pública e a direção do Serviço de Inteligência da SESP estiveram acompanhando o trabalho das equipes. Ao final da visita o secretário disse que o trabalho é “de perseverança e sorte”.   

“Ainda assim a equipe está otimista com o material já coletado até agora. Vamos aguardar o resultado do exames de DNA. Não queremos criar falsas expectativas, mas também não iremos desistir enquanto houver alguma esperança. O senhor governador tem determinado  o máximo de empenho para solução definitiva do caso. A prova disso é que  nossos bombeiros estão recebendo ajuda de mergulhadores da Força de Segurança Nacional.”