Corpos de filha, genro e neta de ex-prefeito de Rio Branco foram resgatados e estão em Campo Grande

Os corpos das cinco pessoas mortas em acidente com monomotor, sábado no Pantanal, chegaram por volta das 16 horas (15h no Acre) deste domingo à Base Aérea de Campo Grande e seguiram para o IMOL (Instituto Médico Odontológico Legal). Um helicóptero do Esquadrão Pelicano trouxe as vítimas da região da Nhecolândia, onde a aeronave caiu na manhã de sábado. O avião foi localizado por outra aeronave civil às 17h10 (16h no Acre) de ontem, mas como não havia condições de visibilidade, as equipes só começaram o trabalho de resgate neste domingo. O avião era pilotado pelo pecuarista Ricardo Almeida e levava sua mulher Fernanda Braga (acreana e filha do ex-prefeito de Rio Branco, Fernando Inácio.. informações abaixo)

resgatepantanal“A informação era de que a aeronave estava completamente destruída, sem possibilidade de sobrevivente, por isso o trabalho ficou para hoje”, explica o tenente Luciano Rodrigues.
O local era de difícil acesso, em uma área alagada. Dois helicópteros e uma aeronave da FAB participaram das buscas que terminaram no fim da manhã.

Dois carros de funerárias da Capital foram acionados para levar os corpos até o IMOL, mas ainda não foram confirmados os locais dos velórios. O horário dependerá da liberação dos corpos. Parentes de Ricardo e Fernanda avisaram que, provavelmente, o sepultamento será no Parque das Primaveras.

O monomotor decolou no às 5h20 de sábado do aeroporto Teruel e deveria pousar às 8h na fazenda Gertrudez. Mas no mesmo horário o piloto e dono do avião, Ricardo Jardim Almeida, 48 anos, pediu socorro via rádio.

As 5 vítimas são Ricardo, a esposa Fernanda Braga dos Santos (acreana), a filha Valentine, a babá Micheli Dias e o gerente da fazenda da família, Rodinei Joca Monteiro.
Hector Lefevre Filho, 48 anos, é amigo de infância de Ricardo. Diz que ele pilotava há dois anos e era “bem sistemático”, por isso não acredita em erro humano ou falta de manutenção como causas do acidente.

Valentine completou 1 anos e Fernanda estava grávida, no terceiro mês de gestação. Na próxima semana, Ricardo e a esposa completariam 4 anos de casamento. Até setembro deste ano, ela trabalhava no setor de marketing do Grupo Plaenge. Segundo o amigo, Ricardo era pecuarista e dono de uma empresa de elevadores para deficientes físicos.

Queda – Na manhã de sábado, o piloto e dono do avião, um monomotor prefixo PT NKO modelo P28R, Ricardo Jardim Almeida, 48 anos, havia pedido socorro via rádio. Ele, a família e dois funcionários decolaram às 5h20 de Campo Grande e seguiam para a fazenda Gertrudes.

Valentine completou 1 anos e Fernanda estava grávida, no terceiro mês de gestação. Na próxima semana, Ricardo e a esposa completariam quatro anos de casamento. Até setembro deste ano, ela trabalhava no setor de marketing do Grupo Plaenge.

ricardoefernanda[Fernanda era filha do ex-prefeito de Rio Branco, Fernando Inácio (década de 80. Foi o prefeito que elaborou primeiro Plano Diretor da capital, construiu o Mercado Novo, da Epaminondas Jácome, e o Ginásio Coberto), estava no avião com a filha pequena e o marido. Fernanda Braga dos Santos Almeida estava grávida. Nenhum dos cinco passageiros sobreviveu.

O ex-prefeito Fernando Inácio mora em Campo Grande (MS) e é casado com uma acreana (Rosa), da família Braga.

Em 17 de setembro, na sua fan page, Fernanda postou uma mensagem ao seu marido pelo celular: ‘Há 6 anos iniciamos uma linda história alicerçada em cumplicidade, respeito, fidelidade e muito muito amor. Ricardo, você é um presente de Deus e as nossas garotinhas são o símbolo disto!!! Obrigada pela linda família que construímos. Amo amo amo infinito…’]

Tragédia no Pantanal: avião caiu a 1,5 km da pista (família Braga que mora no Acre sofre)