Sessão na Câmara em Sena aprova contas de ex-prefeitos e acaba em confusão

A sessão na Câmara de Vereadores de Sena Madureira esquentou nesta noite de terça. Duas propostas sobre prestação de contas de ex-prefeitos foram à votação. As contas dos ex-prefeitos Nilson Areal e Toinha Vieira foram aprovadas.

O fato inusitado é que os vereadores que fazem oposição ferrenha à atual gestão de Mano Rufino (Gerlem e Valdimar) ajudaram na aprovação das contas de Nilson Areal, especialmente, e Toinha Vieira.

Gerlem,  presidente da Comissão (CCJ) acompanhou parecer favorável à aprovação (igual ao parecer do TCE, exercício 2007), explicou que pedirá a anulação do seu voto favorável ao ex-prefeito Nilson Areal. Ele ainda tentou mudar na hora, mas o presidente Mastró disse que o regimento não permitia mais e prosseguiu a votação.

Dois vereadores (Xuxa e Caju Diniz) que acompanham quase sempre os projetos governistas municipal votaram contra a aprovação das contas dos ex, o que geral um bate-boca no final da sessão entre Xuxa e o vereador Adalberto Brito com acusações de um lado e de outro.

Adalberto acusou os dois vereadores de votarem contra a mando do deputado Gilberto Diniz, por este, segundo Adalberto, ‘temer concorrer às eleições do próximo contra os dois ex-prefeitos.’

O vereador Xuxa reagiu com impropérios impublicáveis contra o colega elevando o clima no final da sessão desta noite entre os vereadores.

Em Sena as sessões na Câmara de Vereadores acontecem uma vez por semana, às terças, 20h.

fotos de Sena aqui no flickr oestadoacre.com