Padre Paolino é condenado a pagar 8 mil por acidente de trânsito que não cometeu

Uma decisão da justiça em Sena Madureira chamou atenção devido ao ineditismo. Padre Paolino, 87 anos, está sendo condenado a pagar uma multa de 8,6 mil por ter sido considerado culpado de um acidente que envolveu mais de um veículo.

Padre Paolino não dirige há anos, anda a pé ou de carona, e foi acusado de, atravessar a rua, e causar o acidente.

A reclamação partiu de Charmes da Silva Diniz, que amparado em testemunhos, acusou o padre de atravessar a rua de forma a corroborar com o acidente.

A sentença obriga Paolino a pagar a título de danos a Charmes Diniz.

Na decisão, Paolino é acusado de agir ‘sem a cautela necessária’ ao atravessar a rua.

Pelo jeito, o direito do pedestre, que se sobrepõe aos dos veículos e também o Estatuto do Idoso não foram sequer levado em consideração.

A decisão cabe recurso.

E é isso que Padre Paolino vai fazer.

Leia mais na Coluna do Braña

multa

multa1