Protesto no Itaú, que demite para contratar por salário menor

Com intuito de por fim as demissões e o jogo feio da rotatividade, associado à retranca do banco na hora de valorizar os funcionários, os bancários de todo o país realizaram nesta terça-feira paralisações e manifestações nas agências bancárias do Itaú Unibanco.

itauO Dia Nacional de Luta promovido pela Contraf-CUT, federações e sindicatos, ainda denunciava o pagamento de bônus milionários aos funcionários do alto escalão da empresa – diretor do Itaú ganha 280 vezes a mais do que quem recebe piso, assim como a campanha que esconde a verdadeira face do banco “Vamos jogar bola”.

[foto: porta do Itaú em Rio Branco, AC]

Na agência Rio Branco, a principal da capital acreana, a diretoria do Sindicato distribuiu o jornal específico da Contraf-CUT para bancários e clientes, onde denunciava a descaso do banco, principalmente com o atendimento ao público.

O presidente do Sindicato, Edmar Batistela denunciou a politica de corte nos postos de trabalho do banco que desligou 1.964 funcionários no primeiro trimestre do ano, totalizando 7.728 desligamentos, apesar do lucro de R$ 3,4 bilhões neste primeiro semestre.
– É inadmissível um banco que vive batendo recorde de lucro no Brasil demita tanto funcionários.   

Pesquisa

Segundo a Pesquisa do Emprego Bancário, feita pela Contraf-CUT e Dieese, com dados do Caged, a remuneração média dos admitidos foi de R$ 2.430,57 em 2011, enquanto que a dos desligados foi de R$ 4.110,26, uma diferença de 40,87%. No ano anterior, a diferença era de 37,60%. “Só quem ganha com a rotatividade é o banco e quem perde são os bancários e a sociedade brasileira”, aponta o dirigente sindical.

Fique sabendo

O Itaú Unibanco é o único banco que aparece na lista das dez empresas com maior gasto médio por diretor, conforme levantamento do jornal Valor Econômico publicado no dia 31 de maio.


Join the Conversation