‘Toinha não vai parar campanha’, diz Zé Vieira

‘A candidata a prefeita de Sena pelo PSDB, Toinha Vieira, não vai parar a campanha por conta da decisão do TCE’, que votou pela reprovação de suas contas quando era prefeita porque deixou de aplicar o percentual mínimo exigido pela Constituição na Educação.

A afirmação entre aspas é de seu marido, o ex-deputado estadual Zé Veira  nesta noite a oestadoacre.com. Segundo ele, em 2003, numa situação semelhante, o governador Jorge Viana teve suas contas ‘aprovadas com ressalvas’.

-Foi a mesma coisa. Falta de aplicação mínima no percentual de Educação. E as suas contas foram aprovadas  – lembrou o marido de Toinha.

Ainda conforme Zé Vieira, a defesa  também se norteará por uma decisão/parecer do ministro Eros Graus, TSE, que diz que a ‘falta de aplicação de percentual mínimo exigido por Lei em Educação não gera inelegibilidade’. Portanto Toinha não teria problema em ser candidata.

-Estamos tranquilos. Toinha não cometeu nenhum desvio  com o dinheiro público. Em dezembro de 2003 sobraram R$ 795 mil que poderiam ter sido usados de qualquer jeito. Mas deixamos os recursos para o exercício seguinte, 2004, e aplicamos na Escola Messias Ribeiro, a melhor de Sena – afirmou Zé Vieira.

Informado de que seus adversários em Sena já preparavam ação para pedir a impugnação da candidatura de sua mulher, Zé Vieira disse:

-São uns malucos. Os que querem isso foram expurgados do governo – disse sem citar a quem estava se referindo, mas tudo indica que a declaração vai em direção aos seus ex-aliados Mazinho e Gilberto Diniz.

A Frente Popular em Sena ainda não decidiu se vai também pedir a impugnação da candidatura de Toinha Vieira.

 


Join the Conversation