NOTA DE PESAR DO GOVERNO DO ACRE

NOTA DE PESAR DO GOVERNO DO ACRE

O Governo do Estado do Acre, por meio do governador Tião Viana e do secretário de Estado de Educação e Esporte (SEE), Daniel Queiroz de Sant’Ana, se solidariza com familiares e amigos de Raimundo Gomes de Oliveira, conhecido como Raimundo Louro, um dos grandes professores da rede de ensino acreana, que dedicou cerca de 50 anos de sua vida ao ensino e à educação.

O Governo do Estado está de luto oficial de três dias pela morte do educador, natural de Capanema, cidade do Pará. Raimundo nasceu em 24 de maio de 1924, veio para Sena Madureira ainda menino com a família, onde passou boa parte de sua infância. Desde criança, já demonstrava aptidão para os estudos e para a vida escolar.

O professor niciou sua carreira no ensino na década de 1950, ainda no Governo de Guiomard dos Santos, e se estendeu até o ano de 1999, passando pelas escolas: Lourenço Filho, Escola Técnica de Comércio Acreano, Ginásio Nossa Senhora das Dores, Colégio Acreano, Instituto Divina Providência (em Xapuri, de 1955 a 1958), tornando-se diretor do grupo Escolar João Ribeiro (Tarauacá, entre 1959 e 1963).

Em 1965, assumiu o cargo de vice-diretor do Colégio Acreano, para no ano seguinte, assumir a função de diretor da instituição, função esta que o notabilizou como um dos maiores educadores acreanos. Graças a sua direção, o Colégio Acreano se transformou em uma das principais instituições de ensino do Acre e da Região Norte.

Profissional que amava os valores do ensino, as relações humanas e vivia a missão de educar com seriedade, competência e dedicação, Raimundo Louro deixará saudades e o bom exemplo.

Tião Viana
Governador do Estado do Acre

Daniel Queiroz de Sant’Ana
Secretário de Estado de Educação e Esporte


Join the Conversation