Tucanos querem o 3º Turno… (eles não confiam nas urnas, nem nós, mas por motivos…)

Saiu no Globo, via Conversa Afiada:
PSDB PEDE AUDITORIA ESPECIAL NA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL AO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL

Partido ressaltou que confia no sistema e só tomou a medida atendendo a dúvidas levantadas nas redes sociais
por Eduardo Bresciani

BRASÍLIA – O PSDB pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) auditoria especial nas eleições deste ano. A solicitação foi protocolada nesta quinta-feira pelo deputado Carlos Sampaio (SP), coordenador jurídico da campanha presidencial de Aécio Neves. Embora diga ter confiança na Justiça Eleitoral, o partido afirma que manifestações em redes sociais questionam o processo e ressalta que a auditoria pode dar certeza ao cidadão sobre o sistema eleitoral. O TSE informou que não havia recebido a petição e, por isso, não se manifestaria.
A ideia é criar uma comissão de especialistas indicados pelos partidos políticos para o trabalho. O resultado proclamado pelo TSE foi de 51,64% dos votos válidos para Dilma Rousseff (PT) e 48,36% para o tucano, diferença inferior a 3,5 milhões de votos.

(…)

mudanca

Navalha, com Paulo Henrique Amorim:

O Conversa Afiada também não confia nessas urnas, mas por motivo muito diferente dos tapeteiros do PSDB.

É porque em nenhum outro país do mundo existe urna eletrônica sem papelzinho.

Sem um documento que permita a recontagem dos votos.

Essa é outra jabuticaba brasileira que serve aos que todos sabem quem são: os fabricantes das urnas, seus intermediários e os que conseguem fraudar os votos.

Não é disso que trata o tapetão do PSDB.

O PSDB quer deslegitimar o Governo Dilma.

Ou não foi o Aécio Never quem disse, no dia seguinte à derrota, que a Dilma se valeu de infâmias e mentiras ?

E quem usou no horário eleitoral uma pesquisa mentirosa ?

E quem usou no horário eleitoral uma declaração que o doleiro não fez ?

O PSDB quer que, no segundo mandato, a Dilma sangre ininterruptamente.

Sem tréguas !

Não se trata de o PSDB querer governar.

Mas de não deixar governar !