Bolsonaro deita, rola e cresce em avaliação (Impensável?)

avaliação

Presidente chegou a 37% de aprovação, número que estava em 32% há dois meses. Já a sua rejeição teve queda de dez pontos no período, de 44% para 34%. Maior crescimento relativo foi no Nordeste (DataFolha)

Por aí…

O que diz Flávio Dino…:

E Breno Altman mostra uma luz

E este blogueiro de fim de mundo

Nós que fazemos oposição a Bolsonaro e seu desgoverno (maioria do povo não acha desgoverno) não estamos sabendo nos comunicar com a população (a internet é insuficiente…tem se mostrado pelo menos)…e não há uma fórmula mágica, pronta para isso (se fazer entender e ser aceito)…vivemos um fenômeno que está nos fazendo quebrar a cabeça…nós sabemos que o governo é péssimo, antipovo, pro-mercado…mas a população e os trabalhadores, mesmo vítimas desse governo – não enxergam assim. Por quê? O tempo é que vai resolver essa equação…o tempo e a insistência política no combate a Bolsonaro.

J R Braña B.