Imagens fortes: Momentos dos disparos que matou dirigente do PT(v)

imagens

Policial José da Rocha Guaranho, bolsonarista, como mostram fotos suas nas redes sociais -invade aniversário de dirigente do PT em Foz do Iguaçu, no Paraná, faz vários disparos e mata Marcelo Arruda. Imagens fortes abaixo…

Cristovam Buarque: ‘Talvez tenha sido dado ontem em Foz do Iguaçu o primeiro tiro da guerra civil que pode caracterizar a eleição deste ano. Durante guerra civil não há terceira via.’

Janaina Dahoui – O Bolsonarismo é uma doença.

Eduardo Moreira – banqueiro, escritor: QUE FIQUE MUITO CLARO: NÃO FOI A POLARIZAÇÃO QUE MATOU! FOI O BOLSONARISMO!!!!

Min Alexandre de Moraes – A intolerância, a violência e o ódio são inimigos da Democracia e do desenvolvimento do Brasil. O respeito à livre escolha de cada um dos mais de 150 milhões de eleitores é sagrado e deve ser defendido por todas as autoridades no âmbito dos 3 Poderes.

Reinaldo Azevedo, jornalista:Jorge José da Rocha Guaranho, o assassino bolsonarista, não morreu.

blog do Noblat: Bolsonaro mata. Por pensamentos e palavras, atos e omissões, Bolsonaro mata quando estimula a violência dos seus devotos, mata quando defende que todos se armem, mata quando exalta a tortura, mata quando dissemina preconceitos, mata porque, como disse, foi treinado para matar.

Em tempo: depoimento na GN da esposa de Marcelo

oestadoacre.com (inscreva-se no nosso canal..apenas um clique aqui)