Polícia põe fogo em 200 kg de cocaína e maconha

A Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) incinerou na tarde de sexta-feira, 18, cerca de 200 quilos de droga (cocaína e maconha) apreendidas pela especializada no ano de 2010, na capital acreana.

INCINERAO_DRE_3Para alcançar este quantitativo de entorpecente apreendido a DRE realizou mais 200 procedimentos policiais, que deram origem a prisão de dezenas de pessoas ligadas ao tráfico de drogas, em Rio Branco. A incineração do produto, que aconteceu em uma cerâmica do Distrito Industrial, marca uma nova fase nos procedimentos da PC, que anteriormente encaminhava a droga apreendida pela instituição, por via judicial à Polícia Federal, para o devido procedimento.

Participaram do ato que inaugurou mais um serviço da polícia judiciária estadual o secretário da Polícia Civil Emylson Farias, o secretário de Segurança Pública, Reni Graebner, peritos criminais, o promotor da Vara de Tóxico, Tales Fonseca Tranin, o delegado Vanderlei Thomas, do Departamento de Polícia da Capital e do Interior (DPCI) e o delegado adjunto da DRE, Thiago Fernandes.

A autoridade policial ressaltou que a droga incinerada é parte das apreensões realizadas pela especializada, já que existem processos que ainda não foram concluídos pela Justiça.

Já  o secretário da Polícia Civil destacou que o procedimento realizado na capital será seguido nas regionais de polícia do interior, que também irá proceder a incinerações de entorpecentes em consonância com as Comarcas de cada município onde estão sediadas as regionais. O chefe de polícia observou ainda que a instituição vai continuar com a politica repressiva forte em todo o Estado e falou de novos investimentos do Governo para fortalecer a DRE.