Crime ambiental no Juruá: funcionários de empresa contratada pela ANP matam sucuri de 8 metros

Um vídeo que oestadoacre.com teve acesso com excluvisidade neste domingo (enviado de Cruzeiro do Sul) mostra que funcionários da empresa GeoRadar (empresa contratada pela Agência Nacional do Petróelo para promover pesquisa sobre existência de petróleo e gás na região do Juruá) encontraram e mataram uma cobra Sucuri preta de 8 metros de compromimento. Um vídeo está disponível ao lado. O outro, no Blog do Braña.

sucuriOestadoacre.com recebeu a informação neste domingo que o Ibama deverá notificar e multar a empresa GeoRadar pela ação predatória de seus funcionários, que são vistos em úm dos vídeos com os macacões da empresa cometendo o crime ambiental.

-Se fosse um cidadão comum da região que tivesse matado a sucuri se entenderia, mas funcionários de uma empresa nacional contratada para realizar um trabalho de alta complexidade como verificação da existência ou não de gás e petróleo deveriam ter sido orientado pela GeoRadar. O que eles fizeram foi um grande crime ambiental. Foram retirados do réptil mais de 300 ovos – disse um técnico de Cruzeiro que acompanha os trabalhos de GeoRadar e pediu para não ter o nome revelado.

Ele chegou a dizer que a multa do Ibama seria de alguns milhões.

assista vídeos aqui no blog do Braña

Vídeo 1 – cobra sendo aberta à faca.
Vídeo 2 – mostra o tamanho do animal