Empenho de Cameli assegura construção de casas para comunidade rural

A atuação do deputado Gladson Cameli (PP) junto ao Ministério das Cidades permitiu que o governo federal passe a financiar a construção de casas de madeira para as comunidades rurais da Amazônia. Os imóveis fazem parte do Plano Nacional de Habitação Rural (PNHR), e a construção em madeira estava impedida por o programa não levar em consideração as peculiaridades do Norte do país.

No último dia 12 deste mês o ministério fez publicar a portaria Número 318, assinada pelo ministro Gilberto Occhi, que autoriza a Caixa Econômica Federal (CEF) a financiar esta nova modalidade do PNHR. Cameli vinha mantendo conversas com a superintendência da Caixa no Acre e o ministro Occhi para que houvesse a aprovação para um projeto com mais de 100 casas para comunidades ribeirinhas de Feijó.

Em duas visitas á Caixa no Estado este ano, o deputado pediu agilidade na execução do projeto, mas foi informado de qie problemas burocráticos em Brasília o emperrava.

Desde então Cameli passou a procurar os técnicos do Ministério das Cidades para solicitar uma solução para o caso.

“O governo precisava entender que não tinha como construir casas de alvenaria no meio da floresta, não há logística para isso, a madeira é a melhor forma de garantir casas dignas para nossos ribeirinhos e seringueiros de toda a Amazônia. Fico feliz com a sensibilidade do ministro Occhi e mais feliz em saber que 100 famílias de Feijó terão um lar mais confortável”, analisa Cameli.

De acordo com a portaria, somente a região Norte terá esta especificidade dentro do PNHR. Para evitar o uso de madeira fruto de desmatamento ilegal, todo o insumo usado deverá apresentar certificado de responsabilidade ambiental.

[divulgação gab dep]