Mais um Curso de Medicina no Acre começa (o que dirão MBittar e o Boca?)

Mais um Curso de Medicina no Acre começa (o que dirão MBittar e o Boca?)

Mais um compromisso de campanha do então candidato à reeleição, Tião Viana, que se concretiza menos de um mês do fim do 2º Turno das eleições. 

Do sítio do Gov do Acre:

A União Educacional do Norte (Uninorte) realizou na noite de segunda-feira, 10, no Maison Borges, um marco histórico educacional no Acre: a aula inaugural de sua primeira turma de medicina, composta por 81 alunos.

O evento contou com a presença de diversas autoridades, entre elas o governador Tião Viana. A palestra “Desafios de uma nova visão da medicina”, foi proferida pelo doutor Ivan Salgado.

O curso é uma conquista após quase três anos de trâmites entre a Uninorte e o Ministério da Educação (MEC). A avaliação final do ministério para o credenciamento do curso foi de 4,5, numa nota cujo máximo é 5. A Uninorte destaca ainda que as notas maiores foram para a infraestrutura e o corpo docente, composto de médicos que residem no Acre, muitos já detentores de mestrado e doutorado. Um novo prédio está sendo construído no complexo organizacional para o início do ano letivo, com 16 mil metros quadrados e 80 salas, incluindo laboratórios e o novo auditório.

Falando em nome dos mantenedores da Uninorte, o empresário Ricardo Leite destacou que a implantação do curso, um desafio no extremo Norte do país e o primeiro privado do Acre, alavanca principalmente o desenvolvimento sócio-político da região. “Foi-se o tempo que precisávamos mandar nossos filhos para estudar fora do Acre. Rio Branco tem mais um curso de medicina, e não será só mais um, será ‘o curso de medicina’, podem ter certeza disso”, disse Leite.

Convidado especial da aula inaugural, o governador e médico infectologista Tião Viana foi lembrado pela luta pessoal de implantar a educação médica no Acre, criando primeiro a residência médica e em seguida sendo o responsável pela implantação do curso de medicina na Universidade Federal do Acre (Ufac), além de não medir esforços para a criação do curso da Uninorte. “Para mim, é uma alegria muito grande testemunhar esse momento histórico na saúde pública do Acre. A medicina é capaz de acolher a natureza humana pelos melhores sentimentos, e vocês encontrarão os maiores valores da vida de vocês nisso”, disse o governador aos estudantes.

(…)