Sena: começo do ano letivo é adiado e secretária culpa ex-prefeitos (não foi bem a secretária)

Sena: começo do ano letivo é adiado e secretária culpa ex-prefeitos (não foi bem a secretária)

As aulas não vão começar em Sena Madureira nesta segunda-feira, como previsto.

Não há recursos para contratar professores que a rede municipal precisa.

Nem pode haver concurso porque os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal estão no teto.

Resultado: pior para os alunos, que terão as férias escolares prolongadas.

E o risco do calendário letivo não ser alcançado, em 2015, que são de 200 dias de aula.

A secretária da pasta do município culpa antigos administradores.

Ou foi a assessoria, que inseriu no texto por sua conta e risco?

Esse limite foi extrapolado em gestões anteriores. “Mesmo assim, todas as providências estão sendo tomadas pelo prefeito Mano Rufino para resolvermos essa situação. Tão logo haja uma definição nossa comunidade será informada”, ressaltou a secretária de educação, professora Wanda Motta.

Abaixo, o release inteiro da assessoria da prefeitura com o grifo meu.

J R Braña B.


Release da prefeitura de Sena

Aulas nas escolas da Rede Municipal não serão iniciadas na segunda-feira

aula em sena

A Secretaria Municipal de Educação de Sena Madureira, por intermédio da secretária Wanda Motta, informou nesta sexta-feira, 27, que o ano letivo 2015 nas escolas da rede municipal de ensino não será iniciado na próxima segunda-feira, 2 de março, como tinha sido anunciado anteriormente. Uma nova data será definida e divulgada para a comunidade em geral.

O município, segundo informações (segundo informações? Assesspria nega ou confirma informações da instituição. Assessoria não especula. Fica a dica – J R Braña B.), encontra algumas dificuldades no que tange a contratação de professores. Isso se dá porque a Prefeitura está praticamente impossibilitada de realizar o processo seletivo para tais contratações. Como o gasto com pessoal atualmente excede os 54% do limite permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, a Prefeitura não pode aumentar os gastos.

Esse limite foi extrapolado em gestões anteriores. “Mesmo assim, todas as providências estão sendo tomadas pelo prefeito Mano Rufino para resolvermos essa situação. Tão logo haja uma definição nossa comunidade será informada”, ressaltou a secretária de educação, professora Wanda Motta.

Fazem parte da rede municipal as escolas: Siqueira de Menezes, Raimundo, Walfredo Guedes, Eliziário Távora, Guttemberg Modesto da Costa, Euclides Cavalcante, Hermínio de Melo, Chapeuzinho Vermelho, Vicente Balbino, Iracema Modesto, Pingo dágua, Messias Rodrigues, Eugênio Augusto Areal e Clarisse Assef.

Na creche Criança Feliz a data do começo das aulas também está sendo definida.