Parte da imprensa do Acre e dois senadores não sabem nada sobre a Bolívia

Parte da imprensa do Acre e dois senadores não sabem nada sobre a Bolívia

 

J R Braña B

Expressiva parte da imprensa do Acre não sabe absolutamente nada da Bolívia e seus históricos governos corruptos, de direita e entreguistas.

Faltou às aulas de história – e política – sobre o nosso vizinho.

E, como era de se esperar – trata uma visita importante do atual presidente boliviano, Evo Morales, ao estado com desinformação e complexo de vira-lata.

Evo é o primeiro governante boliviano oriundo do povo, dos operários e dos índios daquele país em 500 anos de nação.

A Bolívia é um país lindo, rico em recursos naturais, todavia, ainda tem um povo muito pobre.

Fruto de uma histórica e conhecida elite malandra que se apropriava da riqueza nacional para si mesma e para seus sócios internacionais.

Evo deu um basta nessa espoliação.

Hoje a Bolívia segue o seu rumo com altivez e soberania, coisa que não havia antes de Evo.

A Bolívia já foi a casa-da-mãe-joana.

Era uma típica República de Bananas, tudo o que elite de hoje ainda quer para poder realizar as suas tramoias com os seus patrões internacionais.

Ninguém respeitava os bolivianos.

Porém, não só a imprensa do Acre age com ignorância em relação a Evo.

Dois senadores eleitos pelo Acre desconhecem completamente o papel libertador de Evo para o seu país.

Petecão e GladsonC deram um show de mediocridade hoje na tribuna do senado que, como acreano, quase morri de vergonha.

Como grande parte da imprensa local, os dois senadores acreanos (um, tenho certeza que é acreano. O outro…) avaliam a Bolívia pelo município de Cobija e os seus antigos chefões mafiosos, sócios dos antigos e corruptos presidentes daquele país.

Grandes causadores da miséria e sofrimento do povo vizinho.

Evo, senhores senadores e imprensa local, é o ar novo que a Bolívia respira.

Não é um ditador, como dizem.

Foi eleito democraticamente por expressiva maioria de votos e, na última eleição venceu até nos estados mais refratários, como a direitista Santa Cruz de La Sierra.

Evo é o Lula da Bolívia.

Com ele e Álvaro Garcia, o vice, os bolivianos melhoraram de vida e hoje têm mais dignidade.

Milhares deixaram a miséria absoluta com as políticas sociais e os investimentos feitos na última década.

Inclusive com ajuda do Brasil.

Que tem obrigação de ajudar os países mais fragilizados economicamente na região.

Evo é um orgulho do seu país, de toda a esquerda da América Latina e do mundo.

Respeitem um presidente vindo do povo e defensor da sua pátria.

Respeitem a Democracia e o voto da maioria dos bolivianos.

Seja bem vindo ao Acre, presidente Evo Morales!

evo no acre 2
E/D: Sen JV, Lula, Gov Tião e Evo – fotos AgGov