Eleições: a corrupção continua com empresas dando dinheiro a partidos (mais uma vez os 3 do PT do Acre votaram certo)

SIM – Os dados da Câmara mostram que Flaviano, Rocha e Alan Rick voltaram favoráveis a que empresas continuem bancando as campanhas de partidos (essa é a raiz/causa de toda corrupção na política no Brasil)

NÃO – Os deputados Angelim, Sibá e Leo Brito votaram contra as doações de empresários a partidos políticos.

Não votaram – César Messias e Jéssica não aparecem nos painéis de votação…podem ter faltado à sessão ou simplesmente não quiseram votar.

angelim dep
Angelim não escondeu que votou contra as doações de empresas a partidos. Ele, Sibá e Leo – foto: Câmara

 

AC – Emenda aprovada prevê o financiamento de campanhas com doações de pessoas físicas e jurídicas para os partidos políticos e com doações de pessoas físicas para candidatos

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, por 330 votos a 141 e 1 abstenção, a emenda do deputado Celso Russomanno (PRB-SP) à proposta da reforma política (PEC 182/07) que prevê o financiamento privado de campanhas com doações de pessoas físicas e jurídicas para os partidos políticos e com doações de pessoas físicas para candidatos.

Os limites máximos de arrecadação e os gastos de recursos para cada cargo eletivo deverão ser definidos em lei.

Assim, foi concluída a votação do tema do financiamento de campanhas.

link de votação camara

 

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, por 452 votos 19 a e 1 abstenção, o fim da reeleição para mandatos executivos (presidente da República, governadores e prefeitos), no âmbito da votação da proposta da reforma política (PEC 182/07).