Deputado que foi zero à esquerda na Aleac difama vices em Sena (da FP, PSDB e PMDB)

Há aliados que poderiam ser adversários e não fariam diferença.

mazaroppi
Desculpe Mazaroppi, um dos melhores artistas do Brasil de todos os tempos do gênero humor, por usá-lo aqui para ilustrar esse texto.

Um suposto aliado da cozinha do prefeito em Sena, detonou o vice de Mano (Cleyton) durante uma reunião dos partidos da Frente Popular na semana passada.

Cleyton não estava presente.

O que, no mínimo, soou como uma atitude pusilânime.

Não parou por aí: menosprezou também os vices do PSDB (Mastroiane) e do PMDB (Gilberto Lira).

-São todos uns….(vomitou um impropério impublicável contra os três que hoje têm mandatos na câmara) –  num claro desrespeito, não aos políticos vereadores, que hoje são candidatos a vice, mas às pessoas dos mesmos.

Não foi uma crítica política, comum nos embates, mas um ataque pessoal, insano, e que não constrói nada, pelo contrário, desagrega.

Típicos de políticos trogloditas e brucutus, que Sena conhece muito bem.

Esse ‘aliado’ de Mano, que se jacta de ‘mandar na prefeitura’, diz para quem quiser ouvir que o desempenho do prefeito só melhorou porque, diz ele, ‘eu tô mandando, eu que digo o que o prefeito tem que fazer’,

Quanta arrogância!

Pois é: esse ‘aliado’ é o mesmo que foi candidato à Aleac na eleição passada e os eleitores de Sena, acertadamente, deram um sonoro Não às suas pretensões.

E que quando foi deputado estadual bateu todos os recordes de inoperância política.

Não tem um único projeto aprovado ou ideia que tenha se transformado em ações concretas para o Acre ou mesmo para o município de Sena Madureira.

Ficou apenas conhecido entre os repórteres que cobriam a Assembleia como o deputado Mazaroppi!

Ou Jeca Tatu, do Monteiro Lobato!


J R Braña B.