R$ 4?….Por um serviço de péssima qualidade…

Nem o preço absurdo do combustível no Acre (que o governo golpista do PMDB/PSDB aumenta todo mês e ninguém reclama) justifica uma tarifa de ônibus de R$ 4 em Rio Branco.

Os serviços oferecidos, então.

A capital quer se equiparar ao Rio de Janeiro (3,80) e a São Paulo (3,80), onde as distâncias nem se discutem em comparação aqui.

Qual o conforto dos usuários desse sistema em Rio Branco?

Não vou nem falar dos horários irregulares…

Por quê não se exige que as empresas de ônibus instalem ar-condicionados nos veículos…?

Por quê é tão difícil cobrar essa medida das empresas, que ajudaria no conforto ao usuário, que sai de casa e chega todo suado e esbaforido ao trabalho.

Isso ajudaria a muitos que têm carros optarem pelo ônibus, claro.

Numa cidade quente como a nossa transporte público tem que oferecer conforto, acima de tudo.

É um horror enfrentar o calor dentro de um ônibus na capital.

E ninguém vê isso…

Ah…e quando as pessoas vão entrar em fila (obedecer ordem de chegada) para ter acesso aos ônibus especialmente no terminal?

J R Braña B.

PS: na hora que a Uber começar a funcionar em Rio Branco os taxistas vão ver que seus preços também são irreais.

PS2: para começar na Uber basta ter um carro c/ 04 portas, ar-condicionado e preencher no aplicativo da uber alguns dados…é uma boa fonte de renda extra. E o horário quem faz é você.

PS3: a Uber e o Cabify são o fim dos táxis tradicionais. Funcionam e funcionam bem.