Governador em Curitiba: E quem banca a LavaJato nesse tempo todo?

Governadores Tião Viana (E) e Wellington Dias (D) com o presidente Lula em Curitiba

O ac questionou a viagem do governador Tião Viana a Curitiba para apoiar Lula e defender o Estado Democrático de Direito que, atualmente no Brasil está emparedado.

Estado Democrático de Direito que alguns não se preocupam no presente porque não são eles os perseguidos atualmente…são os adversários.

É um direito do ac criticar e dizer o que quiser do governante do Acre ou de qualquer outro…Porém, é preciso perguntar também quem banca a LavaJato nesses meses todos?

Respondo: nós, os brasileiros.

E qual o resultado prático até agora dessa operação?

Muito pouco em relação ao combate à corrupção.

E muito em prejuízo ao Brasil, que já perdeu alguns milhões de empregos por conta das maiores empresas do país estarem sendo aniquiladas, quando deveriam apenas seus responsáveis serem punidos.

O governador Tião Viana é um membro do PT e o maior líder do seu partido está sendo implacavelmente perseguido numa caçada jamais vista.

Todos lembram que o protótipo da Lavajato começou pelo Acre, com a tal Operação G-7, que constrangeu meio mundo empresarial do estado e paralisou a economia local.

Quantas obras importantes foram iniciadas no Acre após a G-7?

Nenhuma.

Quantas obras importantes no Brasil estão acontecendo desde que começou a LavaJato (e o Golpe derrubou Dilma), e que prendeu meio mundo do PT (e nenhum do PSDB)?

Nenhuma obra importante acontece hoje no nosso país.

Paralelo a uma operação que não resolve o problema da corrupção temos ainda um governo perverso para a maioria…um governo da destruição do Brasil.

E os custos desse caos ninguém pergunta, ninguém questiona?

Importante é disseminar o sentimento da mesquinhez aqui no Acre.

O que vale também é despolitizar a não omissão política do governador Tião Viana.

Que fez o que tinha que fazer.

J R Braña B.