Nenhum ser humano é ilegal

# mundo ser humano fronteiras

Num Brasil sem governo, em Roraima a xenofobia ganha força…

‘Prefiro morrer de fome na Venezuela do que ser agredido aqui’