Secretários do governo envolvidos na OPG-7 pedem demissão de seus cargos

O governador em exercício, César Messias, aceitou, na noite desta terça-feira, 25, os pedidos de exoneração, em caráter irrevogável, de Wolvenar Camargo e Gildo César, dos cargos de secretário de Obras Públicas (Seop) e diretor-presidente do Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa), respectivamente.

capagovestaMessias lamentou os pedidos e reafirmou a confiança do governo na integridade moral e na honestidade de Wolvenar e Gildo, que, para o governador, são profissionais das mais alta competência e compromisso com as grandes causas do Acre.

Fora das funções públicas, os dois poderão trabalhar, incessantemente, pela defesa da honra, dignidade e segundo eles, contra as acusações e atos de covardia que lhes foram imputados por meio da operação denominada G-7, desencadeada no último dia 10 de maio.

Os decretos de exoneração serão publicados no Diário Oficial desta quarta-feira, dia 26.


Join the Conversation