Maioridade Penal: a pior Câmara aprova a pior proposta para a juventude

Maioridade Penal: a pior Câmara aprova a pior proposta para a juventude

Essa é a pior Câmara – a mais atrasada e reacionária – desde a Ditadura Militar.

E a metade dos deputados federais do Acre ajuda a consolidar esse triste retrato.

J R Braña B. –

Da Câmara

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (19), em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição 171/93, que diminui a maioridade penal de 18 para 16 anos em alguns casos. A proposta obteve 320 votos a favor e 152 contra. A matéria será enviada ao Senado.

De acordo com o texto aprovado, a maioridade será reduzida nos casos decrimes hediondos – como estupro e latrocínio – e também para homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte.

Em julho, a proposta foi aprovada em 1º turno com o voto favorável de 323 deputados e 155 votos contra.


PS de oestadoacre.com

Dos deputados do Acre, os que votaram contra o encarceramento da juventude foram apenas os três do PT (Leo, Angelim e Sibá votaram Não)

Os outros continuam com a opinião equivocada de que prender a juventude (e não punir  mais severamente o adulto que usar o jovem para o crime) vai resolver o problema.

Dois deputados do Acre (Cesar e Flaviano), segundo o relatório da Câmara, deixaram de votar na noite de quarta.

camara maioridade penalcamara votação