FecomércioAC poderia pagar salário mínimo melhor para os seus trabalhadores

O presidente da Fecomércio do Acre e sócio da concessionária da Fiat, Leandro Domingos, pôs em dúvida que o governo do Acre pagará dentro do ano, o salário e o 13º.

Desde que o PT assumiu o governo do Acre, nunca mais os salários dos servidores foram atrasados.

A resposta ao empresário veio a cavalo pelo porta-voz do governo, Leo Rosas no final de semana mesmo:

-Pessimista!

O governo foi macio e até republicano com o empresário e sua entidade, que sempre foram tratados com distinção e ajudas corporativas, pois o Estado, que eles criticam, é a mamãe e o papai de toda iniciativa privada (?) do Acre.

Que, como se diz por aí, a iniciativa privada acreana é privada totalmente de iniciativa.

Porém, contra as dificuldades do Acre – e do país – seria bom que a FecomércioAC copiasse as suas homólogas de outros estados e orientasse também ao seguimento do comércio local aumento no valor do Salário Mínimo aos trabalhadores comerciários.

Pelo menos cinco estados brasileiros pagam salário mínimo diferenciado no comércio:

SC: 908 a 1.042

PR: 1.070,33

SP: 920

RJ: 988,60

RS: 1.030,06

O salário mínimo nacional é R$ 788.

Leandro usa o Facebook para pôr em dúvida o pagamento do 13º no Acre

fecomercio ld print ld

fecomercio acre
A imponente sede dos empresários do Acre