Dilma: Depois da derrota do Golpe, domingo, um novo Brasil

No C af:

Dilma já fala no Governo pós votação

Presidenta buscará diálogo e repactuação

A Presidenta Dilma Rousseff já fala no que planeja para o seu Governo após a votação do relatório do impeachment, no próximo domingo, na Câmara dos Deputados.

Nesta quarta-feira (13), durante assinatura de renovação de contrato entre a Secretaria de Portos e Terminal de Contêineres de Paranaguá, a Presidenta afirmou que ter certeza “que brasileiros e brasileiras estarão ao meu lado no dia 15”.

Após conceder entrevista a alguns jornalistas pela manhã, Dilma voltou a falar em repactuação de forças durante a tarde.

“A partir da próxima semana, vamos iniciar a repactuação para superar a crise e superar a crise. Chamaremos o país a um grande pacto de todos os segmentos, não só políticos, mas de empresários e trabalhadores”, disse Dilma durante o evento.

Logo após, também em entrevista coletiva, o ministro da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini, informou que o governo reuniu líderes e pessoas que são referência na Câmara.

“Estamos convencidos de que teremos número suficiente para barrar o golpe”, declarou o ministro, para continuar: “É hora de ter um juízo desprovido de paixões. Não se trata de apoiar ou não a presidente, mas de cuidar da democracia”, defendeu.

Ao comentar sobre os dias após a votação, Berzoini garantiu que a Presidenta terá condições para governar. “Não há razão para achar que não há condições de governabilidade. Há sim, principalmente quando há uma parcela a favor da democracia e outra a favor de um golpe, ardilosamente tratado”, finalizou.

dilma e parlam

 

Alisson Matos, editor