Cidade do Piauí escolhe médico cubano para carregar Tocha Olímpica (AMB vai aumentar ódio)

Cidade do Piauí escolhe médico cubano para carregar Tocha Olímpica (AMB vai aumentar ódio)

Do vermelho:

A Associação Médica do Brasil (AMB) terá mais motivos ainda para odiar os médicos cubanos – que vieram trabalhar nas áreas ignoradas pelos nossos profissionais e a cada dia ganham mais respeitabilidade e admiração. Prova disso foi o que ocorreu no Piauí, mais precisamente na cidade de Vila Nova. A população local escolheu o médico cubano Argèlio Hernández Pupo para participar do revezamento da tocha olímpica em Lagoa Grande, Pernambuco.
O Piauí é o estado brasileiro onde o programa Mais Médicos conseguiu zerar a mortalidade infantil. Em janeiro deste ano a médica Olívia Rodríguez Gonzalez e seu colega Omar Diaz, anunciaram: “há um ano não registramos nenhuma morte de criança e de gestante. Estamos sem mortalidade materna e infantil’.
cubano argelio_link
(…)