Surpreso? Reforma Administrativa é pra acabar estabilidade de servidor

reformaadm

Proposta de Bolsonaro e Paulo Guedes, o banqueiro que fundou o BTG

no G1

reforma adm

Em tempo: AB (…)

Entre as alterações para os futuros servidores, a proposta sugere a exigência de dois anos em vínculo de experiência, com desempenho satisfatório, antes de estar investido em cargo público e começar o estágio probatório de um ano para os cargos típicos de Estado. Nesse caso, ao final da experiência, haverá uma classificação final dentro do quantitativo previsto no edital do concurso público, entre os mais bem avaliados.

Se aprovado pelo Congresso, os empregados públicos, assim como acontece hoje com os servidores públicos, terão aposentadoria compulsória aos 75 anos.

(…)