Jogo de cena na Aleac para refletir em Sena

jogo

sessão

Diz Angélica Paiva na sua coluna de hoje:

‘O líder do governo, Gérlen Diniz (PP), foi a surpresa desta quarta-feira (21). Como relator dos vetos na Comissão Especial, o líder conduziu a derrubada da decisão do governador. Chamou a atenção porque esta é uma atitude atípica em se tratando do deputado Gérlen Diniz e muito mais porque um dos projetos vetados pelo governador Gladson Cameli é do deputado Daniel Zen (PT). Conduzida pelo líder a comissão contrariou a decisão do governador e derrubou dois dos três vetos. Para alguns é o efeito campanha. Gérlen Diniz disputa a prefeitura de Sena Madureira e a capa de subserviência não ficaria bem. Outros entretanto, acham que há algo no ar além dos aviões de carreira, como diria o Barão de Itararé.(…)’

(…)

Em tempo: jogo de cena combinado entre governo e sua liderança, Angélica…nenhum dos vetos derrubados na Aleac, comandados pelo deputado Gehlen, tem grande importância…tudo projeto meia-boca.

Em tempo 2: Gehlen está com muita dificuldade em Sena na sua candidatura a prefeito e tem consciência disso.

Em tempo 3: não é bem vista em Sena a opção do governador GladsonC por Gehlen…(e oestadoacre não está falando no escuro)

Em tempo 4: é só perguntar aos professores da rede estadual (os de Sena também) o que Gehlen, como líder de GladsonC, fez durante a reforma da previdência em relação a essa categoria…Difícil um professor esclarecido dar um voto em Gehlen…muito difícil!

J R Braña B.