Imprensa protege Energisa de crítica (Leo explica motivos)

energisaacre

eletroacre
30/08/2018 – dia em que a Eletroacre foi doada por 50 mil à Energisa – na bancada o ministro Moreira Franco, o ministro ‘gatinho angorá’ do governo traidor de Temer
energisa
Energisa

A empresa Energisa, que recebeu de regalo a Eletroacre (no governo de Silvério Temer dos Reis) em troca de um troco de R$ 50 mil deita e rola com seus apagões pelo interior e capital sem ser incomodada pela mídia amiga do Acre (Sites, TV e Rádios…)

Em entrevista aqui (vídeo), o prefeito eleito de Assis Brasil, Jerry Correia, diz que várias vezes ao dia o município tem ficado sem energia nos últimos tempos.

O jornalista Leo Rosas, no seu blog, explica:

Desde que se instalou no Estado, comprando a Eletroacre pela bagatela de R$ 50 mil e demitindo funcionários, a Energisa descobriu a maneira mais fácil de calar qualquer possibilidade de críticas ou questionamentos: comprar a imprensa por meio de generosa verba publicitária. Por meio de gastos publicitários expressivos a empresa assegurou um verdadeiro apagão nas críticas. 

(…)

Em tempo: e ainda conta com a omissão da maioria dos políticos e do governo do Acre.

J R Braña B.