Vídeo: O que é isso, Bolsonaro? Chantagem velada ao MP do Rio?

mprio

na Folha

bolsonaro
Arrogância em pessoa: Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) provocou um debate acalorado entre procuradores de Justiça do Rio de Janeiro ao citar, em uma live no último dia 31, a hipótese de o filho de um integrante do Ministério Público ter sido delatado por tráfico de drogas.

Em um grupo de WhatsApp, procuradores cobraram uma manifestação do procurador-geral de Justiça do estado, José Eduardo Gussem, cogitando interpelar o presidente da República.

Nas conversas, que invadiram o fim de semana, os integrantes do Ministério Público divergiram sobre a proposta de convocação do Órgão Especial do Colégio de Procuradores de Justiça para analisar a pertinência da interpelação. Gussem foi um dos que discordaram da ideia.

(…)

Assista:

Bolsonaro aproveitou a última live do ano para falar do caso Queiroz. Ele pediu para que o Ministério Público do Rio de Janeiro prestasse bastante atenção no que ele falava e contou um ‘caso hipotético’ do filho de um membro do MP que teria sido delatado traficando drogas pic.twitter.com/5PVSryCsUx