Não é verdade que o prefeito Mazinho foi barrado em voo presidencial

mazinhosena

sobrevoo
Bolsonaro, sen MBittar e o governador GladsonC em sobrevoo em Sena

Não é verdade que o prefeito Mazinho tenha sido barrado em voo presidencial na quarta-feira quando Jair Bolsonaro fez uma agenda relâmpago em Rio Branco e em Sena Madureira.

A decisão em Brasília foi somente embarcar no voo com o presidente os três senadores (Petecão, MBittar e Mailza)…

Foi decidido que nem os deputados federais viajariam com o presidente, o que eu acho que foi um equívoco político – me disse há pouco um parlamentar do Acre da base do governo.

Mazinho em Brasília

A propósito, o prefeito Mazinho não perdeu absolutamente nada em não estar presente nos poucos minutos de Bolsonaro em Sena….Bolsonaro fez um sobrevoo e depois uma minicarreata (de 1 km pela avenida Brasil, a única que estava intacta e livre da enchente).

Sena também não ganhou nada ainda…os recursos que deverão chegar já estavam previstos por conta da enchente e não foi (não é) nenhuma bondade de Bolsonaro…aliás bondade, humanidade, generosidade não combinam com Bolsonaro…óbvio.

Quanto Sena vai receber?

O município tem próximo de 50 mil habitantes…o que está previsto ser creditado na conta da prefeitura, anunciado na quarta-feira, 24 – é menos de 3 milhões (2,9 milhões)…traduzindo esse número: R$ 58 em média para cada cidadão.

Sena não será reconstruída com esses recursos nem sua população ficará feliz com essa irrisória ajuda…mesmo que parte de sua gente tenha saído de casa e tomado chuva correndo risco de contaminação por covid-19 para ver a aplaudir Bolsonaro.

É chato ter que ler isso, especialmente os que acham Bolsonaro um mito – mas é o real.

J R Braña B.