Dep do Psol vota contra cassação: ‘Flordelis matou o marido? Não sei…’

#flordelis

Dep Glauber Braga, do Psol do Rio de Janeiro:

-Flordelis matou? Não sei. O júri vai avaliar. Sabia da controvérsia, mas achei que seria incoerência minha cassar mandato antes de julgamento e dizer que defendo agenda antipunitivista. Houve proposta de votar antes a SUSPENSÃO do mandato até o julgamento. Lira não aceitou.

-Poderia votar Sim? Poderia. Politicamente é o que geraria menos desgaste? Com certeza. Eu me sentiria bem? Não. Me sentiria covarde por estar caminhando contra as minhas convicções. Nem no dia do advogado, nem em nenhum outro dia é o exemplo que quero dar pro meu filho.

-Por último. Não era disputa contra a extrema-direita, já que ela foi abandonada por todos. Disputa no campo dos inimigos de classe? Na minha avaliação, não foi o caso. E é isso! Sou esse pacote completo mesmo, e não vou me apresentar pela metade.

flordelisé

Em tempo: pois é…. o exemplo da Flordelis vale para todos os parlamentares (e todos os acusados de um crime…embora não seja pela acusação do crime que a deputada tenha sido cassada). Glauber foi coerente – oestadoacre