Ele não é o culpado da mer…que está aí (essa é a verdade!)

#elenaoéoculpado

Alguns que irão ler não terminarão porque se enxergarão como responsáveis e cúmplices….ka ka ka!

fora

ELE NÃO é o CULPADO

O Bolsonaro não é o culpado! Ele é um escroto, mas não o culpado.

O culpado é o meu parente, o meu vizinho, o meu amigo.

O atual presidente sempre defendeu a ditadura e a tortura…

Sempre defendeu a sonegação de impostos.

Sempre foi racista, homofóbico, xenófobo e preconceituoso.

Não tinha plano de governo.

Nunca foi sociável, nunca respondeu a uma pergunta, não compareceu a um debate sequer.

Ele sempre foi assim, sempre!

O verdadeiro culpado é o meu parente, o meu vizinho, o meu amigo que votaram nele.

Ele disse sempre que não entendia de economia.

Ele sempre chamou índios e quilombolas de vagabundos.

Ele sempre falou que, se eleito, índios não teriam um centímetro de terra.

Sempre defendeu a caça de animais selvagens e a liberação dos agrotóxicos.

Várias vezes demonstrou que não gostava do povo, do povo mesmo.

E fez várias manifestações contra os pobres.

Defendia abertamente que a mulher deveria receber um salário menor que o do homem.

E mesmo assim, a tua parente, a tua vizinha e a tua amiga votaram nele.

Ele sempre foi contra a educação pública.

E mesmo assim, a minha amiga, que é professora, votou nele.

Sempre foi contra a quase tudo que é público, e mesmo assim o meu vizinho, funcionário da CEF e o outro funcionário dos Correios, votaram nele.

Ele não sabe conversar e mesmo assim, o meu parente metido a “intelectual” votou nele.

Ele se diz Cristão, mas defende armas, grupos de extermínio e passou a campanha apontando arminha para todos os lados.

E os meus parentes, vizinhos e amigos que não saem da igreja e que para tudo dizem: “Glória a Deus, Graças a Deus, Alelúia e em Nome de Jesus”, votaram nele.

Todas as conquistas sociais estão indo para o espaço. E os nossos parentes, nossos vizinhos e os nossos amigos ainda defenderam a reforma da previdência que é tão maravilhosa que os políticos, militares e o judiciário não farão parte dela.

De uma coisa Bolsonaro não tem culpa, ele não enganou ninguém.

Todos sabiam quem ele realmente era. Os que não votaram nele, não votaram com convicção. Os que votaram nele, votaram com convicção.

#ForaBolsonaro

(anônimo circulando nas redes antissociais, que faz todo sentido)