Música da noite….Para Artur…♪♪♪♪…

#musica

Artur Braña (primo, filho do meu tio com mesmo nome meu) resolveu abreviar sua própria vida…

Quem pode julgar sua decisão…?

Quem pode dizer que foi errado ou certo…?

O Eu de todo mundo é vastidão indecifrável e não há chave para abrir por fora…

A música que trago hoje é Era Domingo, de Zeca Baleiroversos fundamentais:

//E eu tão só
//Tão sem ninguém
//Em meio ao pó da multidão

Pois é…o Eu de todo mundo é infinito indecifrável…que só se abre pelo lado de dentro.

J R Braña B.