Transp Coletivo: portaria normatiza o uso da bilhetagem eletrônica

Com base na portaria nº 044/2011, publicada no Diário Oficial no dia 28 de julho, o Sindcol vem informar que está regulamentado o limite diário de dez passagens diárias no cartão vale transporte do trabalhador.

Onibus0302Essa medida tem por objetivo principal oferecer mais segurança e garantias aos usuários em caso de perda, roubo ou extravio do cartão.

O texto da portaria esclarece que a partir da data de sua publicação, fica estabelecido como parâmetro o limite máximo de dez passagens diárias.

Nos últimos meses, o setor de bilhetagem do Sindcol identificou o uso indevido de cartões do trabalhador. Houve casos de um cartão ser utilizado até cento e cinqüenta vezes no mesmo dia, revelou o gestor de bilhetagem do Sindcol, Marcos Vinicius.

Segundo ele, isso ocorre quando trabalhador perde ou tem seu cartão furtado. Como o trabalhador demora a comunicar o fato ao Sindcol, quem encontra o cartão acaba por utilizá-lo em demasia até que todos os créditos sejam gastos.

Para evitar que o trabalhador continue sofrendo prejuízos dessa natureza, o Sindcol solicitou e a Superintendência de Transito de Rio Branco acabou por editar e publica a portaria.

Texto completo da portaria