Senador JV e Mazinho em Sena: a realidade se impõe

Na política enfrentar de olhos cegos a realidade adversa é estreitar os caminhos para a solução dos problemas.

O senador Jorge Viana encontrou neste sábado com o prefeito Mazinho Serafim (PMDB) num daqueles encontros que tem tudo para não dar certo.

Mas deu.

Foi uma cita política de alto nível.

Dos dois lados.

Do senador e do prefeito, que recebeu o senador completamente desarmado das iras eleitorais comuns de campanhas sangrentas como foi a realizada em Sena Madureira em 2016.

Discutindo como gente grande, Jorge Viana, Mazinho e César Messias conversaram sobre pontos de interesse do município.

Pelo menos umas 15 testemunhas puderam assistir a audiência.

Para este blogueiro, que conhece a política do Acre e do principado, foi um bom momento para a política do município o encontro de Jorge, Mazinho e César.

Há momentos que o sectarismo perde força e a razão ocupa o espaço que lhe era devido.

Mazinho (depois haverá post de papo gravado que mantive com ele) me surpreendeu positivamente, agiu como prefeito de uma cidade.

Não agiu como um militante político do PMDB.

Reconheceu os esforços do senador JV, de César, de Leo, de Sibá e do governador Tião (parcerias), que têm ajudado o município governado pelo peemedebista.

-Não me interessa cores partidárias…tenho divulgado os recursos que parlamentares como senhor tem enviado para Sena Madureira – disse o prefeito.

O prefeito mostrou o projeto do mercado, cujo recursos são oriundos de emendas do senador do PT, e, entusiasmado contou detalhes com a ajuda do secretário de planejamento do município.

Mazinho contou que sua base aprovou projeto na câmara que vai ajudar a combater a violência contratando nos seus intervalos de escala os PMs do município (precisa anuência do governo), o que JV assentiu como uma ideia boa para ajudar a conter a violência na cidade.

-Na ponte sobre o Rio Iaco vai haver uma barreira policial para inibir a entrada e a passagem de drogas na cidade – disse o prefeito.

JV, que indicou mais de 6 milhões (liberados 4,5 milhões) para Sena desde que assumiu como senador, contou ao blogueiro que ‘não tem essa de não reunir com prefeitos adversários…tem quem não faça isso,  mas eu faço…meu mandato é em favor de Sena Madureira também.

O encontro entre Jorge Viana, Mazinho e o deputado César Messias acabou em foto com pequenos produtores dentro do gabinete do prefeito, num gesto de amplitude mútua que só enobrece a política de Sena e do Acre.

Mazinho recebeu e se despediu de Jorge Viana na porta do prédio da prefeitura de Sena.

Porque nada é mais forte que a realidade.

J R Braña B.

Em tempo: na saída, o senador JV encontra com o ex-deputado Zé Vieira, oposição duríssima ao prefeito – e o abraça.

Jorge Viana não respeitou a placa de trânsito, que diz proibido ser amplo, digo, proibido som alto:

Em tempo 2: a entrevista do senador JV e do deputado César Messias ao programa Sorriso Show.

Avance para 1:10:00