Os maiores vencedores do Acreano

os maiores #

O Campeonato Acreano de Futebol é uma das provas Estaduais que mais tarde se profissionalizou. A prova organizada pela Federação de Futebol do Estado do Acre conta com 100 anos de história, mas só em 1989 se tornou profissional. O Atlético Acreano é o atual detentor do título.

Campeonato Riobranquense de Futebol, Liga Acreana de Esportes Terrestres, Federação Acreana de Desportos e, por fim, Campeonato Acreano de Futebol. Foram várias as designações e os formatos associados ao campeonato do Estado do Acre até chegar à atual realidade. O Campeonato Acreano de Futebol 2019 correspondeu à 92ª edição da competição que atribui aos seus dois finalistas presenças na Copa do Brasil, na Copa Verde e na Série D. Sendo que os jogos da Copa do Brasil costumam ter acompanhamento e mercados disponível em plataformas como a Betway.

No que diz respeito ao formato da prova em si, a mesma se encontra dividia em duas fases distintas. No primeiro turno, as equipes são divididas em dois grupos de cinco, com as equipes que integram o grupo A a defrontarem as do grupo B em regime de jogos só de ida. Assim, avançam às semis as duas melhores colocadas de cada um dos agrupamentos, sendo que essa fase se disputa em jogo único. Na decisão, se apura o campeão do turno para a decisão.

Já no segundo turno, os clubes se enfrentam com equipes do próprio grupo em jogos só de dia. Uma vez concluída essa fase, se classificam as duas equipes melhor posicionadas para as semis, até se apurar o campeão na decisão. Uma vez apurados os vencedores dos dois turnos, há um lugar à disputa e uma final em regime de ida e volta. No entanto, se o mesmo time for capaz de vencer os dois turnos, se sagrará automaticamente campeão do Acre, dispensado a disputa de qualquer final.

2019 e maiores vencedores

Na edição de 2019 do Acriano, se apuraram para as semis do primeiro turno as equipes de Atlético Acreano, Independência, Galvez e Plácido de Castro. Na decisão, o Galvez superou o Acreano nos pênalits e foi declarado campeão do primeiro turno. No segundo, a situação foi distinta. Atlético Acreano e Galvez repetiram os acessos, desta feita acompanhados por Rio Branco-AC e Vasco-AC. As semis colocaram frente a frente Atlético Acreano e Galvez e o time derrotado na final anterior se “vingou”, conquistando o segundo turno com vitória frente ao Rio Branco-AC nos pênaltis.

Atlético Acreano e Galvez, adversários na final do primeiro turno e na semi do segundo, se colocaram novamente frente a frente na decisão do Acreano 2019, tal como se esperava. No primeiro encontro na Arena da Floresta, dois gols para lá dos 80 estabeleceram uma igualdade a um gol. No segundo, o Galvez se aproveitou no primeiro minuto por Ciel e Careca igualou já no fim, repetindo o placard e “atirando” a decisão para os pênaltis, tal e qual como no primeiro turno. Desta feita, o Atlético foi mais forte e venceu por cinco a quatro, conquistando o título.

Em termos absolutos, não há quem faça “sombra” ao Rio Branco-AC, detentor de 47 títulos de campeão Estadual, o último deles conquistado em 2018. Para lá de liderar a nível de títulos com “quato estrelas”, cada uma delas correspondente a dez títulos no Campeonato do Estado, o Rio Branco-AC também é o time que somar mais derrotas em contexto de decisão, nomeadamente 24. Sem surpresas, o Rio Branco é também o único time que conquistou mais que três campeonatos seguidos de modo consecutivo – se sagrou pentacampeã entre 43 e 47 e hepta entre 1935 e 1941). O time não conseguiu o acesso à final em 2019, mas o time não falhava uma final desde 1999 (!), registo verdadeiramente impressionante.

No segundo lugar em termos de títulos surge a Juventus, com 14, o último deles conquistado em 2009. O Independência é terceiro na lista de emblemas mais titulados do Acre com um total de 11 troféus em seu curriculum e o Atlético Acreano, campeão em título que tem toda a atualidade disponível em atleticoacreano.com.br, soma um total de nove. Daí para baixo, nenhum emblema conquistou a competição em mais que três ocasiões. O Vasco da Gama soma três troféus, o extinto América conquistou a competição por duas vezes e no “hall of fame” da competição constam, cada um com um título, os times Ypiranga, ADESG, Plácio de Castro, Grémio Sampaio, Duque de Caxias e A.A. Militar.