Bittar e Cameli defendem mudança segura para Acre ter mais conquistas

Bittar e Cameli defendem mudança segura para Acre ter mais conquistas

Em convenção realizada na noite desta sexta-feira (27) num Ginásio do Sesc pequeno para a multidão que ocupava suas dependências, a coligação “Por um Acre Melhor” oficializou o nome dos deputados federais Márcio Bittar (PSDB) e Gladson Cameli (PP) como candidatos ao Governo do Estado e ao Senado Federal, respectivamente. A chapa ainda conta com a deputada Antonia Sales (PMDB) como vice de Bittar.

Para uma plateia composta de militantes dos 10 partidos do bloco e simpatizantes, Bittar e Cameli alinharam seus discursos em torno da necessidade “de uma mudança segura para o Acre obter novas conquistas”. Ambos se disseram preparados para os novos desafios de suas carreiras políticas.

A convenção foi prestigiada pelos principais líderes da oposição, como o senador Sérgio Petecão (PSD), o prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (PMDB) e os deputados federais Antônia Lúcia (PSC) e Flaviano Melo (PMDB). Militantes dos 22 municípios também marcaram presença, além dos prefeitos da coligação. Os organizadores estimam em mais de 5.000 pessoas o público presente.

Para Bittar e Cameli, em conversas com jornalistas, o Acre deu passos importantes nos últimos anos, mas defenderam a alternância de poder como o melhor caminho para que novas realizações sejam colocadas em prática.

Tanto para Bittar quanto para Cameli, um dos focos dos próximos quatro anos deve estar no desenvolvimento econômico, com investimentos na produção rural e adoção de políticas concretas que atraiam investimentos externos e fortaleça a iniciativa privada acreana para gerar emprego e renda.

“O acreano tem mostrado nas últimas eleições que quer mudança, mas uma mudança segura, não é trocar seis por meia dúzia. Nós iremos nos apresentar como a mudança segura para um Acre melhor. Desde o ano passado estamos na elaboração de nosso plano de governo. Conhecemos a realidade de nossa gente e sabemos o que propor para ser executado a partir de 2015”, disse Márcio Bittar.

“O Gladson, a Antonia e eu faremos uma campanha de propostas, olhando no olho do eleitor, respeitando o eleitor. O Acre quer e pode muito mais. Não pode mais o governo sufocar aqueles que querem crescer, para o PT não interessa ter um setor privado forte, pois quanto mais as pessoas ficarem reféns dele, melhor”, afirmou.

A nova política no Senado

Já o candidato ao Senado Gladson Cameli (PP), destacou que quer contribuir como parlamentar para ajudar o governo de Márcio Bittar a colocar em prática políticas capazes de “recolocar o Acre nos trilhos do desenvolvimento”. Segundo ele, como senador da República estará empenhado em defender os interesses do Acre junto às ações do governo federal.

“Como senador, ao lado do meu amigo Sérgio Petecão, vou lutar a cada dia em Brasília para que o Acre receba toda a atenção das políticas federais, receba o maior número de recursos possíveis, pois diante de tantas limitações será impossível vencer os nossos desafios sem a união de todos”, afirmou Cameli.

Em seu discurso, o candidato defendeu a realização de uma “nova política para o Acre”. “O tempo de se fazer política divididos está chegando ao fim. Não queremos mais o nós contra eles, os vermelhos contra os azuis, o comunista contra o liberal.

O momento requer a união de todos os acreanos com um único objetivo: um futuro melhor para todos nós”, defendeu.

Uma vice participativa

A vice de Bittar, a deputada estadual Antônia Sales (PMDB), declarou que irá percorrer os rios do Vale do Juruá com a “mensagem da esperança e da mudança”. “Eu irei descer e subir os barrancos dos rios Juruá, Liberdade, Môa, Rio Azul dizendo para nossos ribeirinhos não perderem a esperança de dias melhores para eles, tão esquecidos pelo governo da floresta”, disse ela.

Antônia Sales declarou que levará para todo o Acre sua experiência de debater com as comunidades mais isoladas os seus problemas e propor soluções para serem implementadas pelo Executivo. “Como vice-governadora não vou ficar em gabinete esquentando cadeira, vou a cada ponta deste Estado saber a realidade do povo e tirar do papel ações em seu benefício.”

[divulgação psdb]